Grupo de teatro

Quem Somos

Presente: um mundo com sinais confusos e complexos numa rede de sentidos que quase nunca faz sentido.

Passado: Roland Barthes confessou que tinha uma doença: vejo a linguagem. De fato, tudo pode ser "lido." Jesus Cristo falou que "ler os sinais" deveria ser prática tão fundamental a seus discípulos quanto ao agricultor que cultiva à luz dos sinais do tempo. Ler sinais é atividade fundamental de quem quer saber como agir bem no mundo.

Futuro: a verdade não é mais monopólio de ninguém, a não ser do indivíduo e - por isso mesmo - não tem a menor relevância. Como atribuir valor e construir sentido?

Proposta: um time de diferentes profissionais dispostos a olhar para o presente à luz do passado, oferecer leituras do futuro e propor caminhos alinhados a um modelo de sociedade desenhado por Jesus Cristo. Junte-se a nós! Saiba como.

 

©2019 by futurodopresente. Proudly created with Wix.com